MINISTÉRIO PÚBLICO LANÇA MAPA DOS CONFLITOS AGRÁRIOS NO PARÁ

publicado em: 28/11/2017

(Foto: Divulgação)
O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) lançou, ontem (24), o Altas de Conflitos Agrários na Amazônia. A publicação traz um mapeamento dos conflitos na região, com levantamento de informações importantes para a atuação das promotorias de Justiça, tais como os municípios onde estão localizados, nomes das comunidades, número de famílias impactadas, entre outras informações relevantes.
O projeto é do Núcleo de Questões Agrárias e Fundiárias (NFA) e elaborado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT). O lançamento ocorreu no auditório Fabrício Ramos Couto, do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf). O evento começou com apresentação musical e ato relembrando as vítimas das mortes decorrentes dos conflitos no campo. Representantes de movimentos sociais trouxeram cartazes com símbolos e fotos de lideranças comunitárias assassinadas. 
A promotora de Justiça agrária Eliane Moreira justificou a importância do Atlas pelo fato de este reunir dados que devem orientar a atuação das promotorias agrárias e que devem ser levados em consideração para a tomada de medidas. “Nós precisamos adotar medidas para fazer frente à expansão desses conflitos e o agravamento que existe hoje da tensão no campo”, afirmou a promotora de Justiça. “Vamos levar em consideração esses dados para poder tomar providências.”
O livro contou com alinhamento técnico do Centro de Documentação Dom Tomás Balduino, da CPT, com a assessoria do geógrafo Gustavo Ferreira Cepolini, professor da Universidade estadual de Montes Claros (Unimontes-MG) e está a venda somente na sede da CNBB em Belém (na travessa Barão do Triunfo, 3151, bairro do Marco).
(Diário do Pará)